28° C

Agência de Regulação
de Pernambuco

Notícias

COMISSÃO DE JUSTIÇA SABATINA NOVO DIRETOR-PRESIDENTE DA ARPE

COMISSÃO DE JUSTIÇA SABATINA NOVO DIRETOR-PRESIDENTE DA ARPE

Notícias

Comissão de Justiça aprovou, nessa terça, a indicação do ex-prefeito de Bezerros, Severino Otávio Raposo, conhecido como Branquinho, para o cargo de Diretor-Presidente da Agência de Regulação dos Serviços Públicos do Estado de Pernambuco, Arpe. A iniciativa está prevista em projeto de lei, de autoria do presidente da Alepe, deputado Eriberto Medeiros, do PP.

Criada em janeiro do ano 2000, a Arpe é responsável pela fiscalização de serviços delegados pelo Estado, como água e esgoto, energia elétrica, e gás natural canalizado. Atua também como mediadora entre as concessionárias, os usuários e o Estado para solucionar problemas nessas áreas.

Mas segundo Severino, a Agência é conhecida do grande público apenas como o órgão que aumenta tarifas. Uma imagem que o gestor público pretende mudar.  “Eu acho que o primeiro desafio é tornar a Arpe um órgão conhecido da população. E a população pode se servir dela para melhorar os serviços nos órgãos que são concessão do Estado. Depois, mostrar que a Arpe tem, através da Ouvidoria, um grande meio de comunicação com a sociedade.”

Na sabatina, o deputado Tony Gel, do MDB, destacou que o ex-prefeito tem experiência e conhecimento para o posto. Eriberto Medeiros elogiou a trajetória de Branquinho, que, segundo o parlamentar, é marcada pelo zelo com a coisa pública. A deputada Priscila Krause, do Democratas, perguntou ao sabatinado o que vai ser feito pela Arpe, a partir de agora, para aumentar a transparência e a participação popular nos processos de revisão de tarifas. Branquinho respondeu que a Agência Reguladora vai atuar de forma justa e ouvir as partes envolvidas antes de homologar novas tarifas.

Severino Raposo tem formação superior em direito e atuou no setor público como conselheiro do Tribunal de Contas. Foi deputado estadual por duas vezes e prefeito do município de Bezerros, no Agreste Central, por três mandatos: um entre 1973 e 76, outros dois de 2013 a 2019.

 

Imprensa - Alepe