28° C

Agência de Regulação
de Pernambuco

Ações de Governo

Ações do Governo

Ações do Governo

Ações de Governo
06 DE NOVEMBRO DE 2019. 
 
Paulo Câmara abre, no Recife, a Conferência Brasileira de Mudanças do Clima

Evento reúne autoridades e especialistas do País em um amplo debate sobre os caminhos para o cumprimento dos termos do Acordo de Paris

O governador Paulo Câmara abre, neste momento, a Conferência Brasileira de Mudanças do Clima (CBMC), no Arcádia Paço Alfândega, no Bairro do Recife. A iniciativa visa discutir soluções para o cumprimento do Acordo de Paris, estimulando um amplo debate entre ONGs, comunidade científica, movimentos sociais, governos e os setores privado e público brasileiros, todos presentes à conferência. Serão três dias de diálogo e mais de 50 painéis e atividades realizadas em nove diferentes espaços do Recife.

O Governo de Pernambuco é um dos realizadores do evento, organizado de forma coletiva, e vai apresentar experiências, negócios, tecnologias e políticas que têm contribuído para frear o aquecimento global. Recentemente, Paulo Câmara esteve em Nova Iorque participando de uma série de eventos da Semana do Clima , como representante dos governadores da Região Nordeste.

O prefeito do Recife, Geraldo Julio - que preside, na América do Sul, a Rede de Governos Locais pela Sustentabilidade (ICLEI) - também participa da conferência, ao lado do anfitrião Paulo Câmara, de governadores de outros Estados e do presidente do Instituto Ethos, Caio Magri.

Foto: Gilberto Prazeres/SEI

 

Sérgio Montenegro

Gerente de Produção de Conteúdo
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
(81) 99974.1760 | 3181.2145

Gilberto Prazeres
Secretário Executivo de Imprensa
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
(81) 98235.1065 | 3181.2226

Eduardo Machado
Secretário de Imprensa
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
(81) 99987.6336 | 3181.2227

 

31 DE OUTUBRO DE 2019. 
 
Balanço dos trabalhos no litoral de Pernambuco
 
Já foram coletadas 1.546,17 toneladas de óleo, em 47 praias e oito rios atingidos no Estado
 
O balanço dos trabalhos de contenção, limpeza e prevenção das manchas de óleo no litoral de Pernambuco, nesta quarta-feira (30.10), registrou poucas alterações da quantidade de material removido pelas equipes do Governo do Estado. Ao todo, já foram recolhidas 1.546,17 toneladas de óleo, em 47 praias e oito rios atingidos. O total do material recolhido foi entregue ao Centro de Tratamento de Resíduos Pernambuco, em Igarassu.
 
Ao todo, são 400 pessoas de diversos órgãos e secretarias do Governo do Estado, além de 90 reeducandos, envolvidos nos trabalhos. Já foram instalados 3.045 metros de barreiras de contenção em diversas praias e rios. Até o momento, foram afetados os municípios de Barreiros, Cabo de Santo Agostinho, Ilha de Itamaracá, Ipojuca, Jaboatão dos Guararapes, Paulista, Rio Formoso, São José da Coroa Grande, Sirinhaém, Tamandaré, Goiana, Recife e Olinda.
 
Entre os equipamentos que estão sendo utilizados pelo efetivo mobilizado para trabalhos como o de localização e limpeza estão dois helicópteros (sendo um da Secretaria de Defesa Social e um do Ibama); 30 viaturas (Governo do Estado); 19 viaturas (Forças Armadas); nove embarcações (Governo do Estado); cinco barcos (Marinha).
 
O Governo de Pernambuco está adquirindo e distribuindo milhares de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), materiais de limpeza, combustível e alimentos. Até esta quarta-feira (30), foram entregues 31.668 máscaras, 23.232 pares de luvas, 6.324 pares de botas, 13.620 sacos de ráfia, 2.648 tambores e bombonas, 18.470 sacos plásticos, 8.009 big bags, além de alimentos, estopa, pás, baldes, ciscadores e protetor solar.


Sérgio Montenegro
Gerente de Produção de Conteúdo
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
flickr.com/governodepernambuco_/albums
(81) 99974.1760 | 3181.2145

Gilberto Prazeres
Secretário Executivo de Imprensa
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
(81) 98235.1065 | 3181.2226

Eduardo Machado
Secretário de Imprensa
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
(81) 99987.6336 | 3181.2227
 
 
30 DE OUTUBRO DE 2019. 

Paulo Câmara assina convênio de continuidade do projeto hospital-escola para o HSE

Hospital-âncora do SASSEPE seguirá recebendo alunos da área de Saúde da Uninassau por mais cinco anos

O governador Paulo Câmara assinou, na manhã desta quarta-feira (30.10), o convênio para continuidade do projeto hospital-escola para o Hospital dos Servidores do Estado (HSE), hospital-âncora do Sistema de Assistência à Saúde dos Servidores Públicos do Estado de Pernambuco (SASSEPE), com o grupo Ser Educacional Uninassau. A parceria com a instituição, que venceu o último chamamento público, traz melhorias no atendimento aos pacientes e reforça a prática na formação universitária, tudo isso com o esforço da equipe que compõe a unidade de saúde, conforme destacou o chefe do Executivo estadual.

“É uma parceria importante. O SASSEPE e o Hospital dos Servidores são mantidos através dos seus servidores, usuários e nós do Governo de Pernambuco, que buscamos atrair parceiros para utilizar os equipamentos, a favor da formação educacional. E, ao mesmo tempo, buscando as melhorias nos serviços”, destacou o governador, que lembrou a vigência do acordo. “Nos próximos cinco anos, isso vai ajudar na gestão e na melhoria dos equipamentos. O importante é buscar parcerias para salvar vidas e melhorar a saúde.”

A secretária de Administração, Marília Lins, ratificou a simbologia do acordo, que visa à valorização do servidor, e deu as boas vindas aos estudantes que irão colaborar com a saúde dos servidores do Estado. “Cuidar da saúde das pessoas é valorizar os nossos servidores. Estudantes, sintam-se acolhidos, o corpo funcional do HSE, e do SASSEPE, mais amplamente falando, recebe vocês de braços abertos para promover um trabalho colaborativo e construtivo de amadurecimento profissional e pessoal, com vistas a tornar ainda mais forte este hospital centenário, bastante simbólico para os servidores”, comentou.

O novo convênio prevê ações que, em regime de colaboração mútua, serão materializadas em forma de contrapartidas programadas ao longo da sua vigência. Entre elas, a aquisição e instalação de um aparelho de Tomografia Computadorizada, com o qual o HSE irá incrementar e melhorar o atendimento em várias áreas, como a de urgência, a de tratamento oncológico e a realização de cirurgias eletivas e de urgência.

A iniciativa foi elogiada pelo diretor do HSE, Cláudio Duarte. “O convênio trará benefícios importantes nos próximos cinco anos, especialmente até março do próximo ano, com destaque para a instalação do aparelho de tomografia, de grande relevância para agilizar e melhorar a qualidade do atendimento aqui no nosso hospital. Só com esse equipamento, nós teremos condição de economizar, para investir em outros programas de saúde, cerca de R$ 1 milhão por ano”, assegurou o diretor.

Além da instalação do tomógrafo e outros equipamentos, o convênio também prevê reformas da endoscopia, dos ambientes de repouso dos profissionais, alocação de preceptores médicos, realização de cursos e treinamentos para os colaboradores do HSE e apoio à implantação de programas de residência médica e enfermagem.

Presente à solenidade, o fundador e chanceler da Uninassau, Janguiê Diniz, destacou a importância do processo de troca entre os alunos e o hospital.  “É uma satisfação enorme, já investimos mais de R$ 5 milhões ao longo de cinco anos, com a realização do primeiro convênio, que foi celebrado através de processo licitatório. Enviamos os nossos alunos para que auxiliem, para que aprendam na prática e, ao mesmo tempo, recebemos as orientações práticas e estruturais deste hospital para todo o nosso corpo docente”, comemorou Janguiê.

SOBRE O HSE - O Hospital dos Servidores do Estado (HSE) é a unidade hospitalar própria do Sistema de Assistência à Saúde dos Servidores Públicos do Estado de Pernambuco (SASSEPE). O hospital é porta de assistência preferencial do sistema, e atua como unidade de regulação de acesso à rede credenciada do SASSEPE. Classificado como unidade de média complexidade, vem oferecendo assistência de qualidade e humanizada aos usuários, nas áreas de urgência e emergência, cuidados intensivos, clínica cirúrgica geral e clínica cirúrgica em diversas especialidades.

Compareceram também à solenidade Jânyo Diniz, diretor-presidente da Uninassau; os secretários André Longo (Saúde) e Aluísio Lessa (Ciência, Tecnologia e Inovação); os deputados estaduais Teresa Leitão, Franscismar Pontes e Clodoaldo Magalhães; o vereador Felipe Pontes; Paulo Lacerda, diretor da Faculdade de Medicina da Uninassau, e o diretor-presidente do Instituto de Recursos Humanos de Pernambuco (IRH), Ruy Bezerra. 

Fotos: Hélia Scheppa/SEI

Sérgio Montenegro
Gerente de Produção de Conteúdo
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
flickr.com/governodepernambuco_/albums
(81) 99974.1760 | 3181.2145

Gilberto Prazeres
Secretário Executivo de Imprensa
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
(81) 98235.1065 | 3181.2226

Eduardo Machado
Secretário de Imprensa
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
(81) 99987.6336 | 3181.2227

 

22 DE AGOSTO DE 2019. 

Paulo Câmara visita obras e inaugura seção dos Bombeiros no Sertão do São Francisco

Entre os compromissos, governador também vistoriou intervenções que receberam recursos do FEM e ampliação do sistema de esgotamento

Foto: Hélia Scheppa/SEI

Dentro da sua programação na região do Sertão do São Francisco, o governador Paulo Câmara visitou, na tarde desta quarta-feira (21.08), as obras que estão sendo realizadas para a população do município de Lagoa Grande. Uma nova sede da Prefeitura Municipal está sendo construída e a Avenida Miguel Arraes passa por uma revitalização. O serviço de urbanização dos canteiros da avenida recebeu investimentos do Fundo Estadual de Apoio ao Desenvolvimento Municipal (FEM), na ordem de aproximadamente R$ 324 mil.

Ao lado da secretária estadual de Infraestrutura e Recursos Hídricos, Fernandha Batista, o governador também vistoriou a ampliação do Sistema de Esgotamento Sanitário de Lagoa Grande. A obra, que tem previsão de inauguração para junho do próximo ano, recebeu um investimento de R$ 3 milhões do Governo do Estado, e vai beneficiar cerca de 4 mil habitantes, ampliando a cobertura da rede de esgoto na cidade de 15% para 50% da população.

SEÇÃO DE BOMBEIROS - Acompanhado do comandante do Corpo de Bombeiros de Pernambuco, Coronel Manoel Cunha, Paulo Câmara entregou, também nesta quarta-feira, a sede da 2ª Seção de Bombeiros de Santa Maria da Boa Vista. A unidade é vinculada ao 4º Grupamento de Bombeiros de Petrolina e atenderá ainda os municípios de Cabrobó, Orocó e Lagoa Grande.

“Esse é um investimento dentro da política do Pacto Pela Vida, de ter serviços funcionando cada vez mais próximos da população. A Seção dos Bombeiros, inaugurada hoje, é fruto de uma parceria com o município, em um investimento de mais de R$ 1,5 milhão, com os equipamentos, que já estão devidamente instalados e com todo material humano. Essa é mais uma ação em favor da população, do resgate, do salvar vidas. É uma ação regional que vai beneficiar muitos serviços públicos oferecidos ao povo”, afirmou o governador.

Na parceria, R$ 300 mil foram destinados pela Prefeitura de Santa Maria da Boa Vista. Ao todo, 18 profissionais atuarão na Seção de Bombeiros do município, sendo um oficial e 17 praças, que contarão com duas viaturas - uma de Auto Resgate (AR), utilizada para resgate e transporte de vítimas em via pública, e uma do tipo Auto Bomba Tanque e Salvamento (ABTS), destinada à atuação em incêndios e salvamentos terrestres.

Na Zona da Mata do Estado já havia sido entregue o 7º Grupamento, situado em Carpina. Já no Agreste, foram inaugurados o 8º Grupamento, em Surubim, e as seções de Pesqueira, Bonito e Toritama. Por fim, no Sertão, já estão em funcionamento as seções de São José do Egito e São José do Belmonte. A expectativa é entregar, ainda este ano, o Grupamento de Bombeiros de Arcoverde.

Participaram também da solenidade de entrega da 2ª Seção do Corpo de Bombeiros, entre outros secretários, o executivo de Defesa Social, Humberto Freire, o prefeito Humberto Mendes, o presidente da Assembleia Legislativa, Eriberto Medeiros, o deputado federal Gonzaga Patriota e os deputados estaduais Sivaldo Albino, Lucas Ramos, Claudiano Martins Filho e Fabrizio Ferraz.

Compesa informa população sobre implantação de Sistema de Esgotamento Sanitário em Bezerros

Em breve, a cidade de Bezerros, no Agreste Central, receberá uma obra de esgotamento sanitário projetada pelo Governo do Estado para levar mais qualidade de vida à população e que contribuirá diretamente para a recuperação e despoluição da bacia hidrográfica do Rio Ipojuca. Bezerros, distante 107 quilômetros de Recife, é um dos grandes centros urbanos que cresceram a partir do Rio Ipojuca e será a quinta cidade a receber investimentos por meio desse grande programa para implantação de serviços de coleta e tratamento de esgoto.  Antes de iniciar a obra, que deve ter a ordem de serviço assinada nos próximos dias, a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) realiza um trabalho social, de porta em porta, para esclarecer os benefícios e fases de implantação do empreendimento, que só na primeira etapa receberá o investimento de R$ 44 milhões, recursos do Governo de Pernambuco e financiados junto ao BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento).

As visitas já foram iniciadas para os moradores dos bairros de São Pedro, São Sebastião, Cruzeiro e Centro, áreas que serão contempladas com a primeira etapa da obra,  e o trabalho social  será realizado durante todo  o período de execução do empreendimento, previsto para durar 18 meses, a partir da ordem de serviço. A Compesa pontua que a população está sendo abordada por profissionais devidamente uniformizados e identificados com crachá. “Esse é mais um passo importante para o saneamento das cidades que estão inseridas na bacia do Rio Ipojuca, o que vai representar um ganho imensurável para o meio ambiente. Com essa primeira etapa do sistema concluída, a Compesa passará a se responsabilizar pela coleta e tratamento do esgoto de 35% da cidade de Bezerros, cidade que integra o polo têxtil de Pernambuco e guarda importantes tradições culturais do nosso Estado”, informa a presidente da Compesa, Manuela Marinho.

A obra  prevê a construção de uma Estação Elevatória de Esgoto (sistema de bombeamento) e de uma Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), a implantação de 45 quilômetros de rede coletora. Os terrenos que abrigarão a ETE e a estação elevatória estão localizados no Distrito Industrial da cidade e no bairro do Cruzeiro, respectivamente. A companhia informa que essas áreas para a construção das unidades já estão em processo de doação, que tramita na Câmara de Vereadores de Bezerros.

 

AGENDA DO GOVERNADOR: 

Terça-feira, 12 de fevereiro de 2019. 

16h - Embarque de 23 estudantes do Programa Ganhe o Mundo para a Austrália
 
Local: Aeroporto Internacional do Recife/Guararapes - Gilberto Freyre, Praça Ministro Salgado Filho, s/n - Imbiribeira, Recife/PE
 
Paulo Câmara embarca 23 estudantes para a Austrália pelo Programa Ganhe o Mundo
 
O governador Paulo Câmara acompanha, nesta terça-feira (12.02), o embarque, para a Austrália, da primeira turma de intercambistas da edição 2019.1 do Programa Ganhe o Mundo. São 23 estudantes da Região Metropolitana do Recife, Zona da Mata, Sertão e Agreste, que seguem para a cidade de Hobart, onde estudarão por um semestre letivo.
 
Os intercambistas vão cursar a modalidade High School em escolas públicas e privadas. Além da oportunidade de estudar em outro país, o programa de intercâmbio do Governo de Pernambuco oferece aos alunos seguro saúde internacional, acomodação em casa de família (host famíly) com todas as refeições garantidas e uma bolsa mensal no valor de R$ 719.
 
Ainda esta semana, na quarta-feira (13.02), outros 16 estudantes também viajam para a Austrália. Esses embarques fazem parte da sétima edição do programa (2018.2 / 2019.1), cujo ciclo se encerra em março deste ano.


Sérgio Montenegro 
Gerente de Produção de Conteúdo 
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. 
flickr.com/governodepernambuco_/albums 
(81) 99974.1760 | 3181.2227 

Gilberto Prazeres 
Secretário Executivo de Imprensa 
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. 
(81) 98235.1065 | 3181.2227 

Eduardo Machado 
Secretário de Imprensa 
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. 
(81) 99987.6336 | 3181.2227

 

Presidente da Compesa defende consumo eficiente de água na 1° Conferência Encontro das Águas. 

Incentivar os clientes a terem um consumo de água sustentável é uma campanha permanente da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa). Embora pareça uma ação contraditória, se pensar no impacto no faturamento da empresa, há uma lógica em estimular o uso racional da água, como defendeu o presidente da Compesa, Roberto Tavares, durante a abertura oficial da 1ª Conferência Encontro das Águas, hoje (5), no espaço SinsPire Arsenal, no Bairro do Recife. “Somos o estado com o pior balanço hídrico do país. Temos muitas cidades, inclusive, onde não há água suficiente. Por isso, acreditamos que é melhor incentivar as pessoas a usarem menos água, pela economia do recurso disponível e também para que, depois, tenham condições de pagar a conta. No final, essa perda potencial de receita pode ser revertida por uma maior adimplência”, explica Roberto Tavares.

Pela Tarifa Social da Compesa, mil litros de água custam R$ 0,86, enquanto que na Tarifa Mínima, é cobrado R$ 4,20 por esse mesmo volume de água. “Nossas tarifas já são uma das mais baratas do país. Então, além de estimular a mudança de hábito das pessoas, estamos estudando alternativas para reduzir o desperdício de água como uma parceria com a empresa Deca, que dispõe de produtos como torneiras, chuveiros e bacias sanitárias mais eficientes que utilizam menos água para funcionar”, informou Roberto Tavares, que participou de uma mesa redonda sobre os desafios, problemas e soluções inovadoras para a gestão hídrica no Brasil. A Compesa está analisando essa parceria que propõe o incentivo da utilização de produtos com tecnologia que reduz o uso de água para serem instalados em residências, condomínios e escolas.

O presidente da Compesa ainda informou que a companhia vem investindo, nos últimos anos, na setorização dos sistemas de abastecimento, ação que promove a divisão da rede em setores distintos de distribuição de água, por meio de implantação de tecnologias e substituição de tubulações antigas. A setorização aumenta o controle operacional da vazão e pressão da rede, diminui as perdas e a ocorrência de vazamentos. Petrolina, no Sertão, e Recife, na Região Metropolitana, são as cidades que apresentam esse trabalho mais bem desenvolvido. “Estamos aplicando muitos recursos em tecnologia para modernizar nossos sistemas. Nós somos a companhia de saneamento com o maior número de unidades automatizadas do Brasil. Um dos benefícios da automação é a redução de perdas e do consumo de energia”, destacou o presidente da Compesa.

Também participaram da mesa redonda junto com Roberto Tavares, o secretário de Meio Ambiente e Sustentabilidade de Pernambuco, Carlos André Cavalcanti, o secretário Executivo de Meio Ambiente da Prefeitura do Recife, Maurício Guerra, além de Sérgio Xavier, CEO da InovSi, Osvaldo Oliveira, professor e representante da Deca, e Luciana Nunes, curadora do evento. A 1ª Conferência Encontro das Águas encerra nesta sexta-feira (6).

 

Caetés ganhará novo Sistema Adutor

CAETÉS – Em visita ao Agreste Meridional, nesta quarta-feira (06.06), o governador Paulo Câmara assinou a Ordem de Serviço para o início das obras de implantação do novo Sistema Adutor, a partir da Estação de Tratamento de Água de Garanhuns, para abastecimento dos municípios de Caetés e Capoeiras. A intervenção contará com um investimento R$ 10,1 milhões, beneficiando cerca de 15 mil habitantes. Na oportunidade, Paulo também entregou 225 kits de caráter produtivo para agricultores da Zona Rural de Caetés. A ação integra o Programa Segunda Água (Cisternas Calçadão), em parceria com o Ministério de Desenvolvimento Social, o qual prevê a entrega de 15.500 kits, durante este ano, para 87 municípios pernambucanos.  

“Estamos aqui assinando uma ordem de serviço, de uma obra de 10 milhões de reais, que vai trazer água, tanto para Caetés quanto para Capoeiras, a partir dessa adutora que estamos construindo. E com a certeza de que nós estamos enfrentando os problemas hídricos de Pernambuco com obras, projetos e, acima de tudo, com a capacidade de fazer parcerias. Tenho certeza de que foram anos muito difíceis de seca, mas nós investimos, priorizamos a água e estamos tirando do papel obras que há muito tempo os prefeitos da região esperam. Então, eu tenho certeza de que, daqui a seis meses, nós vamos voltar aqui para inaugurar essa obra, certos de que as pessoas vão ter muito mais qualidade de vida com a garantia de que vão ter água em suas torneiras", frisou o Governador.

O presidente da Compesa, Roberto Tavares, destacou a importância do novo equipamento para a melhoria da qualidade de vida da população local e detalhou a obra. “Uma adutora de 28 quilômetros de tubulações, com capacidade para transportar 25 litros por segundo, que vai trazer agua tratada de Garanhuns para abastecer as cidades de Capoeiras e Caetés. Uma obra que vai mudar a realidade dessa região, que não vai mas depender da barragem do Bujão", explicou. O prazo para conclusão das obras é de seis meses. 

AGRICULTURA FAMILIAR – Os 225 kits entregues no município de Caetés fazem parte de um total de 15.500 kits que estão sendo entregues, em 2018, para 87 municípios pernambucanos. Ao todo, o Programa Segunda Água (Cisternas Calçadão), financiado com recursos do Governo Federal, via Ministério de Desenvolvimento Social, está investindo R$ 22 milhões nesta ação. Cada kit de produção de forragem animal contém, a escolher: Kit Roçadeira (uma roçadeira semi-florestal com 3 itens acessórios, de corte de arbustos, capineira e roço; uma bota e um óculos de proteção) ou Kit Forrageira (uma forrageira com cabo de extensão elétrico de 10 metros). "Mais uma importante entrega que o governador faz questão de acompanhar porque entende a importância dessa ação para o desenvolvimento da nossa agricultura familiar", destacou o secretário estadual de Agricultura e Reforma Agrária, Wellington Batista.

Uma das agricultoras beneficiadas foi Morgana Costa, que também é presidente da Associação do Sítio Quitonga. Moradora da Zona Rural, ela falou o que muda na sua vida a partir de agora. “É muito importante para o município, principalmente as ações de água, porque temos muita falta de água aqui e essa adutora vai melhorar, e muito, o nosso abastecimento. Também é importante o caráter produtivo para os agricultores, na questão da forrageira, que é o que faz a alimentação para os animais e também a roçadeira, que faz a capinação do mato do campo. Vai mudar muita coisa na vida da gente, principalmente na parte de criação de animais e também da alimentação deles. Ter água na torneira é muito bom para todos nós”, declarou.

O anfitrião, o prefeito Armando Duarte, agradeceu a parceria com o Governo do Estado e se comprometeu a continuar empenhado na busca do desenvolvimento do povo de Caetés. "Eu tenho certeza que com essa obra que chega para o nosso município vai fazer a diferença na vida do nosso povo. Eu quero também agradecer ao nosso secretário de agricultura, que está trazendo 225 kits para a nossa agricultura familiar. É um ato de muita importância. A prefeitura continua fazendo um trabalho junto com uma equipe competente, para que a gente possa cada dia mais se orgulhar e dizer: 'eu sou e moro em Caetés'”, ressaltou o gestor. O mesmo sentimento foi compartilhado pela prefeita de Capoeiras, Neide Reino, cidade que também será atendida pelo sistema adutor. "A gente sabe o que é sofrer com a falta de água, então fico muito feliz em poder levar essa notícia para a população de Capoeiras", disse.

Estiveram presente também na ocasião os deputados estaduais Marcantonio Dourado e Claudiano Filho; os prefeitos Expedito Nogueira (Calçado), Beta Cadengue (Brejão), Antônio Souza (Iati), Ednaldo Peixoto (Jucati), Marcos Patriota (Jupi), Débora Almeida (São Bendo do Una), Marcelo Neves (Palmeirina)e Valdir do Leite  (Paranatama); além do vice-prefeito de Caetés, Severino Gordo; os ex-prefeitos Sandoval Cadengue, de Brejão, e Lindolfo Almeida, de Caetés; o presidente da Câmara Municipal de Caetés, o vereador Irmão Naldinho; o diretor regional do interior da Compesa, Marconi Azevedo; e o diretor de Articulação e Meio Ambiente da Compesa, Aldo Santos.

 

Nota Oficial - Sistema de Transporte Intermunicipal de Pernambuco

As empresas permissionárias do Sistema de Transporte Coletivo Intermunicipal de Pernambuco começaram a ser reabastecidas na noite desta última segunda-feira (28) e aos poucos a operação tende a ser normalizada nos principais terminais rodoviários do Estado ao longo do dia de hoje (29). Nos últimos dias, as viagens aconteciam apenas nos horários de pico, nos turnos da manhã e final da tarde/início da noite. Com o aumento da autonomia de combustível, a perspectiva é a de que o tempo de intervalo entre as viagens diminua de acordo com a demanda de passageiros.

Entretanto, vale ressaltar que a paralisação dos caminhoneiros, que segue no seu nono dia, ainda provoca bloqueios de algumas vias no Estado, dificultando a trafegabilidade dos veículos e prejudicando algumas linhas no Interior. Por isso, a Empresa Pernambucana de Transporte Intermunicipal (EPTI) orienta os usuários a confirmarem a realização da viagem junto aos guichês de venda das empresas antes de adquirirem os bilhetes.

 

Governo de Pernambuco trabalha para manter os serviços essenciais

Governador Paulo Câmara reuniu, nesta quinta-feira, representantes das forças de segurança, secretarias e órgãos  que prestam serviços prioritários à população para instalação do Comitê de Monitoramento de Crise

Diante da delicada situação que todo o Brasil enfrenta, com a paralisação dos caminhoneiros e os bloqueios nas rodovias federais e estaduais, o governador Paulo Câmara instituiu, ontem (24.05), o Comitê de Monitoramento de Crise. A operação irá acompanhar e definir estratégias, junto às secretarias e órgãos estaduais, para a manutenção e garantia da prestação dos serviços essenciais e prioritários em apoio à população, na Saúde, na Segurança e no Transporte Público. O Comitê atuará, primordialmente, na centralização das informações e na divisão dos esforços aos poderes responsáveis com mais foco e precisão. A reunião aconteceu no Centro Integrado de Operações de Defesa Social (CIODS), no bairro de São José, Centro do Recife.

"Determinei à nossa equipe que a maior prioridade é manter os serviços essenciais aos pernambucanos, nas áreas de Saúde, Segurança Pública e transporte público de passageiros. Vamos fazer o que estiver ao nosso alcance. Sabemos que esse movimento é nacional, que depende de decisões do Governo Federal para que a greve seja encerrada. Em Pernambuco, vamos trabalhar muito para os serviços essenciais sejam mantidos", destacou o governador.

O secretário da Casa Civil, André Campos, reforçou que todos os serviços essenciais oferecidos pelo Governo do Estado serão mantidos, sem qualquer tipo de ônus para os pernambucanos. “A população não pode ser prejudicada. Estamos montando toda uma estrutura para que esses serviços, embora possam ter algum tipo de dificuldade ou redução na frota, no caso do sistema público de transporte, sejam mantidos a qualquer custo”, assegurou o gestor.

SEGURANÇA - O Estado vai garantir o funcionamento dos serviços públicos essenciais, mantendo o serviço ordinário e excluindo a possibilidade da falta combustível para abastecimento do efetivo. Para isso, já estão sendo montadas estratégias que garantam o abastecimento das viaturas da Polícia Militar, da Polícia Civil, do Corpo de Bombeiros e da Polícia Científica. O Secretário de Defesa Social, Antônio de Pádua, garantiu que não haverá a redução do efetivo e que as viaturas continuarão sendo abastecidas normalmente. “Não há problema do abastecimento das viaturas da polícia aqui em Pernambuco. Os pernambucanos podem ficar tranquilos, porque a Polícia Militar está presente e está mantendo o seu serviço ordinário, a Polícia Civil continua fazendo as suas investigações, o Corpo de Bombeiros continua atuando e a Polícia Científica também continua atuando normalmente com as suas viaturas”, reforça o secretário.


SAÚDE - No âmbito da saúde, o secretário da pasta, Iran Costa, ratificou que o Estado está monitorando todas as unidades de Pernambuco e que questões como a falta de combustível para as ambulâncias, o envio de insumos e vacinas, além chegada dos profissionais aos locais de trabalho estão sendo tratadas com muita firmeza. “Temos a determinação do governador Paulo Câmara para que todas as unidades do Estado funcionem. Temos preocupação com os combustíveis para as ambulâncias, com a chegada dos insumos e dos profissionais até os hospitais. Dificuldades vão acontecer, mas tudo isso está sendo pontualmente tratado para que nenhum serviço de saúde seja prejudicado”, assegurou.


FISCALIZAÇÃO - Com relação ao abuso de cobrança, seja nos postos de combustíveis ou nas prateleiras dos supermercados, o secretário de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico, pontuou que essa prática não será tolerada em Pernambuco. “A partir de amanhã, o Procon irá aos postos de gasolina e supermercados, bairros e feiras livres. Vamos trabalhar em cima da questão do abastecimento da população. Não é possível se admitir reajustes desnecessários. Isso está previsto no Código de Defesa do Consumidor, no artigo 39, inciso dez, e quem praticar dessa maneira, de forma abusiva, será alcançado pelos fiscais. Não podemos admitir que alguns tentem sumir com produtos das prateleiras para, depois, buscar aumentar o preço. Vamos ter controle sobre a distribuição e sobre a comercialização dos preços dos alimentos”, afirmou.


EDUCAÇÃO - O Governo de Pernambuco também está atento à área da educação, garantindo o funcionamento de todas as escolas da rede estadual. A grande prioridade é que nenhum estudante, tanto do Interior quanto da Região Metropolitana do Recife, seja prejudicado em relação ao conteúdo. O secretário de Educação, Fred Amancio, afirmou que a avaliação será realizada dia a dia. “As escolas estarão abertas amanhã para que os alunos possam ter o atendimento necessário dentro do que for possível. Para os estudantes que tiverem dificuldade, será montada uma estratégia de reposição das aulas para que nenhum deles seja prejudicado em relação ao conteúdo”, destacou.


Participaram da reunião representantes da Agência Brasileira de Inteligência (ABIN); Complexo Potuário de Suape; Polícia Militar, Polícia Civil, Polícia Científica e Corpo de Bombeiros de Pernambuco; Polícia Rodoviária Federal; Comando Militar do Nordeste; Secretaria Estadual de Justiça e Direitos Humanos; Secretaria Estadual da Casa Civil; Secretaria Estadual de Saúde; Secretaria Estadual de Educação; Grande Recife Consórcio de Transporte; Secretaria de Planejamento e Gestão do Recife; e Guarda Municipal do Recife; e Ministério Público de Pernambuco.

 

Nordeste se une em defesa da Chesf e apresenta reivindicações regionais

 

 

Governadores se reuniram, nesta sexta-feira, no Recife, para debater e apresentar carta aberta à Presidência da República, ao Congresso Nacional e à sociedade  com questionamentos e propostas para enfrentamento de problemas econômicos, políticos e sociais que a região enfrenta

 

Apostando no poder do diálogo e da união na construção de um País mais justo e equilibrado, governadores do Nordeste e do Estado de Minas Gerais se reuniram, nesta sexta-feira (18.05), no Palácio do Campo das Princesas, no Recife, para defender temas cruciais para o desenvolvimento da região. Sob a coordenação do governador Paulo Câmara, o “9º Encontro dos Governadores do Nordeste – mandato 2015/2018” apresentou uma carta aberta que contempla, entre outros pontos, a posição do grupo contra a privatização da Eletrobrás e da Chesf, além de reivindicações específicas nas áreas sociais, como o Programa de Aquisição de Alimentos e o Sistema Único de Assistência Social. O documento público será encaminhado posteriormente ao Governo Federal e ao Congresso Nacional.


“Nos reunimos, hoje, para apresentar esta carta de unidade da região nordestina e de Minas Gerais em favor do Brasil, em favor da democracia, mas, principalmente, em favor do debate, da transparência. Na defesa de modelos sociais e econômicos que nós vimos dar certo em períodos passados e recentes, e que nós gostaríamos muito que fossem retomadas as discussões. Porque a sociedade brasileira exige isso, discussões sérias em melhoria da qualidade dos serviços públicos", afirmou Paulo Câmara, ressaltando:  “Temos uma posição clara, tanto dos governadores do Nordeste quanto do governador de Minas Gerais, contra a privatização da Eletrobrás e da Chesf. O rio São Francisco, que nasce no Estado de Minas Gerais, é o rio da integração".


Paulo Câmara fez questão de ressaltar a importância do rio São Francisco para o Nordeste, pontuando o futuro papel de sua transposição e o impacto que a possibilidade de privatização causará na vida de milhões de nordestinos e brasileiros. "Ele é responsável, hoje, por sistemas econômicos de irrigação em vários locais do Nordeste brasileiro e, ao mesmo, com a obra da conclusão da transposição do rio São Francisco, será um ponto fundamental de equilíbrio hídrico para a nossa região. Esse projeto visa privatizar a vazão do rio São Francisco e fazer com que uma área tão estratégica e que tem uma função social e econômica tão fundamental para os nordestinos esteja num processo de discussão sem transparência, acelerado. E nós não podemos permitir. Isso vai encarecer a conta de luz de milhões de brasileiros, e não tem nenhuma contrapartida que vá garantir nenhum tipo de sustentabilidade em relação ao rio”, disse.


Na carta, os governadores lembraram que  a criação do Ministério Extraordinário da Segurança Pública - mediante Medida Provisória - "ocorreu sem prévia discussão com os Estados e atende, em parte, aos anseios do povo, mas cabe ressaltar que sua eficácia se encontra na estrita dependência da definção de seu orçamento e da extensão de suas ações em todo o território nacional, sem o que teremos, apenas, mais uma estrutura burocrática na Capital Federal."


O texto diz ainda que as administrações estaduais seguem "aguardando, ainda, a definição dos critérios da Linha de Financiamento da ordem de R$ 42 bilhões, prometida no último dia 9 de março, em reunião ocorrida no Palácio do Planalto, sem que nenhum dos Estados da Federação tenha logrado êxito no acesso a esses recursos, mesmo já transcorridos mais de 60 dias desde seu anúncio."


O governador de Pernambuco também pontuou que governadores têm a responsabilidade de lutar por esse debate, na busca de que valores democráticos federativos estejam garantidos diante de um quadro de muita preocupação por que passa o nosso País. questões tributárias e financeiras no âmbito federativo também foram questionadas durante a reunião. “Fizemos um debate importante sobre o financiamento da Saúde, que também está presente nas pautas de todos os Estados e municípios brasileiros. Falamos sobre o contingenciamento de recursos do Sistema Único de Assistência Social, que tem atingido a classe mais vulnerável da população. Tratamos também de questões federativas que estão nos preocupando, principalmente a forma de repartição dos impostos, que está sendo feito, no nosso entendimento, de maneira incorreta”, salientou Paulo.


Ao final do encontro, o chefe do Executivo estadual defendeu que as medidas tratadas são essenciais para a retomada do crescimento econômico da região, assim como para a melhoria dos serviços públicos prestados. 


Participaram da reunião os governadores Wellington Dias (Piauí); Camilo Santana (Ceará); Rui Costa (Bahia); Fernando Pimentel (Minas Gerais); Ricardo Coutinho (Paraíba); e Robinson Faria (Rio Grande do Norte); além do senador Humberto Costa; os deputados federais Luciana Santos, André de Paula, Danilo Cabral e Tadeu Alencar; os deputados estaduais Guilherme Uchoa (presidente da Assembleia), Isaltino Nascimento (líder do Governo) e Lucas Ramos; e secretários estaduais.

 
Fotos: Hélia Scheppa/SEI

 

Publicado edital para obra de melhoria do abastecimento de água no distrito de Guadalajara, em Paudalho. 

O sistema atual, administrado pela prefeitura, passará para a gestão da Compesa                                 

A Companhia Pernambucana de Saneamento – Compesa  publicou hoje (17), no Diário Oficial do Estado, o edital para a contratação da empresa que irá executar a obra de ampliação do Sistema de Abastecimento de Água do distrito de  Guadalajara, no município de Paudalho. O sistema atual é administrado pela Prefeitura e apresenta uma série de problemas de ordem técnica e operacional. A realização da obra é um pleito feito por várias lideranças da cidade, que manifestaram o desejo para que a Compesa realizasse os investimentos necessários para melhorar a prestação dos serviços na localidade. “Levamos o pleito ao governador Paulo Câmara, que prontamente autorizou a elaboração do projeto e viabilizou os recursos necessários para essa importante obra”, assegura o presidente da Compesa, Roberto Tavares.

Segundo o dirigente da estatal, a companhia está sempre aberta a conversar com prefeituras que operam seus próprios sistemas de abastecimento de água  e que desejam repassar para a Compesa administrar. “Isso demonstra o reconhecimento sobre a nossa gestão e qualidade da água que oferecemos a mais de sete milhões de pernambucanos”, afirmou. Para ampliar e melhorar o atendimento aos dez mil moradores do distrito de Guadalajara, a Compesa irá implantar uma nova captação de água na Barragem Bicopeba, no próprio distrito. Também será construída uma  estação de tratamento de água com capacidade para tratar 20 litros de água por segundo, uma vazão superior a demanda da localidade hoje, que é de 16 litros de água por segundo. Ainda será construída uma estação elevatória (sistema de bombas) e um reservatório com capacidade de armazenar 300 metros cúbicos de água. Um sistema adutor com   cinco metros de extensão também será construído e serão implantados mais de  3.000  metros de rede de distribuição, em substituição as antigas tubulações.

Com a publicação do edital hoje, a expectativa da Compesa é finalizar o processo em cerca de três meses. “A partir da assinatura da ordem de serviço, esperamos finalizar todas as intervenções em oito meses, prazo em que entregaremos à população de Guadalajara um novo sistema de abastecimento, garantindo uma maior oferta e qualidade garantida  da água produzida”, finaliza o presidente da Compesa, Roberto Tavares.